Câmpus de Sinop faz homenagem a primeiros professores e técnicos

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lúcia Cavalli Neder, presidiu a sessão solene de comemoração dos 10 anos do Câmpus de Sinop, na quinta-feira (11) à noite, no auditório Tatersal da Acrinorte. Na ocasião, foram homenageados os primeiros 27 professores e 11 técnicos administrativos. Também foi exibido um documentário sobre a criação do Câmpus, produzido pela equipe da TV Universidade (TVU). A solenidade contou com a participação do bispo da Diocese de Sinop, Dom Gentil Delarazi, de autoridades civis e militares, do reitorado, de professores, técnicos e familiares dos homenageados.
A reitora Maria Lúcia abriu a sessão solene homenageando a todos que contribuíram para criação e consolidação do Câmpus. Destacou o crescimento do ensino superior brasileiro, nos últimos 12 anos, com a criação de 29 universidades e 168 Câmpus, garantindo o enraizamento das universidades no interior do país. Falou da luta empreendida pela sociedade para a conquista do Câmpus e o papel da instituição no desenvolvimento regional. Diante do êxito alcançado nesses 10 anos e “orgulho de Mato Grosso”, disse esperar que o Câmpus de Sinop se transforme em uma nova universidade: a Universidade Federal do Norte de Mato Grosso.
A pró-reitora de Ensino de Graduação, Irene Cristina de Mello, falou em nome do reitorado e reafirmou os agradecimentos da instituição aos professores, técnicos e estudantes na construção de uma universidade de qualidade e cada vez melhor. Ressaltou ainda a busca pela universidade de excelência e a possível emancipação do Câmpus.
O pró-reitor Marco Antonio Araújo Pinto também falou da luta, dos sacrifícios e dos desafios para instalação e consolidação do Câmpus da UFMT em Sinop. Visivelmente emocionado, fez uma retrospectiva da história do Câmpus, desde o Instituto Universitário Norte Mato-grossense (IUNMAT), passando pela luta da UFMT e da sociedade sinopense para criação do Câmpus até as aulas em um prédio alugado, a construção do primeiro prédio em um período de um ano e a consolidação nesses 10 anos de muita luta.
Doutora em Bioquímica, a professora Valéria Sinhorin e o seu esposo, Adilson Sinhorin, estavam entre os 34 primeiros professores concursados do novo Câmpus. Vinda do interior do Rio Grande do Sul, em junho de 2006, ela recordou o período de dificuldade para se adaptar na cidade, sem nenhum parente na região. “Hoje parece que passou voando”, disse ao falar da “emoção inigualável” de ter participado da construção da história do Câmpus e ser homenageada, inclusive, participou da Comissão responsável pela sessão solene.
Doutor em Química, Adilson Senhorin também considerou gratificante ter contribuído para o crescimento da instituição. “Ainda tem muita coisa para consolidar e crescer”, disse ele já vislumbrando a emancipação do Câmpus.
Pró-reitor eleito, Roberto Carlos Beber veio transferido, em 2007, do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) de Santa Catarina, como técnico-administrativo. Primeiro prefeito do Câmpus, em 2013 iniciou a carreira de docência. Atual secretário Administrativo, ele viu de perto toda a história do Câmpus. A expectativa agora é de estruturação dos cursos para alcançar a excelência em todos eles e caminhar para a emancipação. “Ainda temos muitos anos de trabalho para essa caminhada”, frisou.
Há oito anos na UFMT Sinop, a técnica-administrativa Cintia Branco também acompanhou o crescimento do Câmpus. “Hoje não tem como separar a UFMT da minha vida”, afirmou ao ressaltar a honra de estar entre os primeiros servidores do Câmpus.
A reitora Maria Lúcia e o pró-reitor Marco Antonio também foram homenageados.
Professores e técnicos homenageados
Durante a sessão solene foram homenageados os seguintes professores: Adilson Paulo Sinhorin, Aline Fernandes Pontes Pires, Cláudia dos Reis, Claudineli Cassia Bueno da Rosa, Domingos de Jesus Rodrigues, Ednaldo Antonio de Andrade, Edson Pereira Barbosa, Eduardo Henrique Bevitori Kling de Moraes, Elaine Dione Venega da Conceição, Elizabeth Quirino de Azevedo, Fabiana de Fátima Ferreira, Fabiano Cesar Cardoso, Fábio Renato Borges, Felício Guilardi Júnior, Frederico Terra de Almeida, Jean Reinildes Pinehrio, Larissa Cavalheiro da Silva, Lindsey Castoldi, Marieta Prata de Lima Dias, Paulo Sérgio Andrade Moreira, Ricardo Lopes Tortorela de Andrade, Rodolfo Cassimiro de Araújo Berber, Rogério Alessandro Faria Machado, Roseli Adriana Blumke Feistel, Rubens Pazim Carnevarollo Júnior, Solenir Ruffato e Valeria Dornelles Gindri Sinhorin. E os técnicos administrativos: Adriana Aparecida do Vale Kitagawa, Carolina Alves Rabelo, Cintia Lopes Branco, Decio Soares, Ewerton Alves de Souza, Francielli Cristina Francio Vicentini, Luciane Zulian, Marcos Paulo Campaner, Roberto Carlos Beber, Sergilson Costa Garcia e Vânia Romancini Musachi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *