[Pós-Graduação 2012] Avaliação do ciclo de vida da agricultura de grande escala de Mato Grosso

Programa: Pós-graduação em Agricultura Tropical/Doutorado

Aluno/a: Eduardo Jacusiel Miranda

Orientador/a: Eduardo Guimarães Couto

Resumo: Produtores e consumidores de bens e serviços estão cada vez mais preocupados com os impactos ambientais que geram. Uma abordagem de avaliação de ciclo de vida permite uma visão holística de produtos e serviços do “berço ao túmulo”. Desta forma, uma avaliação econômica, social e ambiental pode ser realizada para identificar concentrações de impactos ao longo das etapas de produção.

Os resultados da avaliação de ciclo de vida (ou ACV) pode então ajudar com a determinação dessas concentrações de maneira sistemática, eficiente, estratégica e seguindo normas internacionais (ISO 14044 para ACV). No agronegócio, um objetivo sugerido é “melhorar a eficiência da produção, contribuir para o desenvolvimento socioeconômico e auxiliar na conservação do meio ambiente” (CLAUDINO; TALAMINI, 2013).

Propomos avaliar os impactos ambientais da soja mato-grossense, em parceria com a Associação dos Produtores de Soja do Estado de Mato Grosso (Aprosoja), usando a ACV e seguindo a norma internacional ISO 14044, com o objetivo de fazer o inventário dos recursos naturais e insumos específicos para a produção de soja no estado de Mato Grosso. A soja mato-grossense se beneficiará de uma ACV regional que irá determinar o uso de recursos ao nível estadual.

Os resultados podem também ser usados nas certificações e nas comunicações entre os compradores de soja e os consumidores bem como para informar a estratégia de sustentabilidade ambiental da Aprosoja. Além disso, a ACV irá ajudar a Aprosoja a determinar os pontos críticos da produção de soja para então traçar estratégias que irão efetivamente reduzir os maiores impactos ambientais do processo atual de produção. Ao mesmo tempo, permitirá a divulgação do progresso de suas iniciativas de sustentabilidade e dos resultados esperados às partes interessadas, em especial aos consumidores ao longo da cadeia de consumo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *