Projeto da UFMT fica em segundo lugar na Campus Party Recife

O projeto “Residus”, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que foi selecionado para representar o Estado de Mato Grosso através da Maratona de Células Empreendedoras, foi o segundo colocado, entre 20 participantes, na categoria iniciantes durante a Campus Party, realizada em 20 e 21 de agosto no Recife (PE). A startup consiste em reaproveitar os resíduos obtidos da exploração racional da Floresta Amazônica e derivados para transformá-los em briquetes e outros materiais, com o objetivo de promover o desenvolvimento regional, principalmente da comunidade, somando valores e minimizando o impacto ambiental.
A equipe, que é formada por alunos dos Câmpus de Cuiabá e Sinop, é coordenada pela professora da Faculdade de Engenharia Florestal (Fenf), Mariana Peres de Lima Chaves e Carvalho e envolve três alunos de graduação e Doutorado. Esse é o terceiro ano consecutivo que a Startups & Makers aconteceu em Recife. A categoria engloba projetos universitários e de universidades com potencial para se transformarem em startups. Eles devem, obrigatoriamente, estar vinculados às áreas do Empreendedorismo Social, Saúde e Educação.
Dentre os critérios de avaliação, foram considerados os projetos e as ideias inovadoras com grande potencial de impacto na sociedade mas que ainda não possui foco em se transformar em startup, a equipe de estudantes e professores com uma ideia inovadora e, se possível, já com pesquisas científicas de validação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *